quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Dilma cumpre agenda de inauguração de obras no Ceará nesta quinta-feira



O Ceará dará um passo nesta quinta-feira (11) no esforço de instalar a Siderúrgica do Pecém. Com a presença da presidente Dilma Rousseff (PT) e do governador do Estado do Ceará, Cid Gomes (PSB), está prevista para a manhã desta quinta o início dos trabalhos de terraplenagem da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP). Essa será a primeira visita de Dilma Rousseff ao Ceará como presidente.

O empreendimento tem investimento de US$ 4,2 bilhões e deve "impulsionar o Estado para um novo patamar de desenvolvimento, permitindo maior competitividade", segundo o Governo do Estado.

A companhia emprega 23 mil pessoas durante a fase de construção da usina e deve empregar outras 14 mil na fase de operação. O Governo garantiu incentivos fiscais e em troca a companhia deve priorizar contratação de cearenses para o quadro de funcionários.
O empreendimento é o primeiro implantado no estado e foi realizado em parceria entre a empresa brasileira Vale e as coreanas Dongkuk e Posco. Há mais 20 anos o Ceará vem se esforça na tentativa de instalar um empreendimento do tipo.

Além das obras de terraplanagem, a presidente Dilma Rousseff participa também da inauguração do Terminal de Múltiplas Utilidades do Porto do Pecém (TMUT), que deve multiplicar por cinco a capacidade do Porto do Pecém e torná-lo o maior do estado. Foram investidos R$ 414 milhões para o terminal que rende 800 empregos diretos.

À tarde, a presidente Dilma encerra a agenda no Ceará em Pacajus, onde vai inaugurar Polo 1 do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, e o secretário da Saúde do Estado, Arruda Bastos, também participação da solenidade de inauguração.

O polo deve facilitar o acesso aos serviços de saúde das cidades de Cascavel, Chorozinho, Horizonte, Ocara, Pindoretama e Pacajus, que somam quase 250 mil habitantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário